Tag Archives: medo

“Caoticidade”


Engraçado como pessoas em geral estão em busca da espiritualidade/religiosidade, todos querendo respostas de diversos fatos da vida e espiritual.

O grande crescimento dos fiéis nas igrejas, a tormenta que se passou do dia do Arrebatamento, a dramaticidade do desconhecido, o medo que suga as credibilidades, a incompatibilidade do material com o espiritual, os best sellers nas livrarias voltado a auto ajuda ou assunto envolvendo crenças e ordem iniciáticas, o crescimento de uma nova geração com a “era Harry Potter”, Dan Brown com seus livros polêmicos envolvendo religião, ordem místicas como a Maçonaria, Iluminati entre outras, As Crônicas de Nárnia em filmes mostrando de forma resumida o sentido de universo, mundo, crença, e outras milhares, sem contar com os desastres naturais causando, assim, tormenta às pessoas os meros mortais como nós.

A “rebeldia” natural para limpar o que tem que ser limpado, fazendo uma lavagem e se purificando daqueles que não estão preparados ainda para a transição, para quem acredita, da Nova Era, ou a entrada do planeta em uma nova dimenção, ou a evolução planetária ou qualquer outra conotação a estes fatos, e para os que ficaram ter que aguentar o mega caos diariamente, seja em inflações na economia, problemas políticos mundiais, desastres naturais novamente, guerras por pura vaidade, a turbulência do estres e nervoso no mundo inteiro, e continua, pois sempre vem mais.

Com todos estes fatos e diversas outras que cada um passa em vida, fazem as pessoas se basearem em algo não material, algo não muito palpável para o racional, estão em busca de compreenção de um modo mais profundo, não é a toa que muitos tem ido buscar uma igreja ou o interesse pelo misticismo/ocultismo para no mínimo entender certas coisas ou simplesmente para o auto conhecimento, um erro comum a todos é geralmente ficar se baseando em terceiras pessoas tornando-se, as vezes, invejoso.

A tão desejada felicidade para uns parecem ser impossíveis de ser alcançadas, e na internet as pessoas com as fotos dos últimos passeios e viagens com amigos e familiares sorridentes, que para alguns quer passar a impressão de alegria e felicidade, sendo que muitos dos casos a vida não é um mar de rosas e andar nas nuvens, mas sim a conquista de um bom período de estres em serviço, dos dramas pessoais com diversos problemas que nem imaginamos quais são, mas o melhor é ver pessoas com boas energias, as good vibes que mesmos com as dificuldades sabem viver a vida dentro do que é possibilitado, sem ser o mar das lamentações ambulante.

Está visível nas pessoas a necessidade de algo bom, do puro, do amor, um gesto gentil, e a fervorosa vontade de melhorar a vida, então para isso volto a dizer que vão em busca de livros de auto ajuda, religiões, ocultimos/esoterismo cada qual atrás daquilo que lhe é mais convidativo dentro daquilo que acreditam ou seja mais prático para o racional.

O que eu posso dizer é o seguinte: pegar uns 5 minutos por dia para relaxar, ficar sozinho em algum cantinho tranquilo meditando, rezando, esvaziando a mente do modo como preferirem para descarregar o estres ou se sentir mais leve.

Temos que achar uma dança para a grande valsa da vida, achar o ritmo compassado da música fazendo os passos parecerem leves, mas bem marcantes nos momentos que precisar e assim tentar ser feliz a maior parte do tempo, se tudo fosse fácil não teria muita graça viver, não aprenderiamos e nem desenvolveriamos como pessoas, a diversidade é que faz o mundo ser mundo.

Paz a todos.

Anúncios

A Culpa


O sublime veneno da escuridão tem um gosto amargo, gelado com um pouco de remorso, atitudes influenciadas por impulso com o poder obscuro da “explosão” racional, atitudes tomadas precipitadas movido pelo “calor” do momento. O sentimento de culpa não é lindo.

O amargo representa a atitude “errada”, ou melhor, precipitada, que interfere em outro indivíduo causando, assim, certas reações que muitas vezes fazem se sentir enterrados. O alvo atacado pode interpretar as investidas bruscas de um modo gelado totalmente indiferente sobre o que se está pensando, mas que mesmo assim consegue mecher tanto no psicológico que levam a certos estados emocionais tão extremos que nem imaginamos a que ponto pode chegar. Por isso muitos dizem: pense muito bem antes de agir sobre qualquer coisa. Pois a sensação de remorso é a pior sensação que uma única pessoa pode carregar consigo mesmo, é um fardo tão pesado, tão desgastante para uma conciência sã, plena e com conhecimento de mundo. Pois o sentimento de culpa por ter chegado a resoluções extremas por culpa de sua ação e saber que o tempo não volta para trás para corrigirmos o que foi marcado na história de vida.

O escuro, o breu que esconde todas as belezas existentes e que nos tornam cegos, isso nos envolve de uma maneira sutil que vai envenenando nossa razão, e claro que muito consumo de drogas chega a um estado de colápso, conhecido como “over dose” ou melhor última dose para a morte ou quase morte, mas no que se refere à culpa é quando ficamos cegos pela raiva momentanea e o veneno descontrolado tomando conta de sua razão e assim explodindo em dose superior a que aguenta, tendo como resultado destruição em massa para um único indivíduo ou mais.

E como se sente vendo que com uma atitude sua fez para acabar com vidas e vontades? Ou até mesmo a coisa mais simples como destruir a capacidade de alguém sonhar em algo maior ou melhor? É o fardo da culpa, do remorso, o medo do passado, com isso você pode se imaginar sendo um Cavalo de Tróia ambulante, que quem chega perto deste cavalo, que foi presente dos deuses, simplesmente explode e invade todo o ser para a destruição e acabar com toda uma estrutura construída com muito esforço durante uma vida.

Não, eu não sou perfeito, você não é perfeito, ninguém é perfeito, mas cada um vive como quer e tem o poder de agir como quer, o livre arbítrio está ai, so depende de cada um como utilizar isso, tendo suas consequências boas ou ruins, causando bem estar ou culpa, ou também carmas bons e ruins.

Como a banda Los Hermanos já disse na música “Todo carnaval tem seu fim” alguns aspéctos que disse neste texto, caso queira assistir o clipe acesse o YouTube, logo em seguida há a letra da música.

“Todo dia um ninguém josé acorda já deitado
Todo dia ainda de pé o zé dorme acordado
Todo dia o dia não quer raiar o sol do dia
Toda trilha é andada com a fé de quem crê no ditado
De que o dia insiste em nascer
Mas o dia insiste em nascer
Pra ver deitar o novo
Toda rosa é rosa porque assim ela é chamada
Toda Bossa é nova e você não liga se é usada
Todo o carnaval tem seu fim
Todo o carnaval tem seu fim
E é o fim, e é o fim
Deixa eu brincar de ser feliz,
Deixa eu pintar o meu nariz
Toda banda tem um tarol, quem sabe eu não toco
Todo samba tem um refrão pra levantar o bloco
Toda escolha é feita por quem acorda já deitado
Toda folha elege um alguém que mora logo ao lado
E pinta o estandarte de azul
E põe suas estrelas no azul
Pra que mudar?
Deixa eu brincar de ser feliz,
Deixa eu pintar o meu nariz.”
Interprete essa música como quiser, mas espero que perceba a sutil relação que tem com este post!
Paz profunda a todos em qualquer situação na qual se encontrar.