O Amor


O Amor não tem sexo;

Seja homem ou mulher.

O Amor não tem cor;

Não importa se é branco, negro ou amarelo.

O Amor não tem religião;

Critãos, Ateus, Budistas, Judeus;

Todos amam.

O Amor não tem crença;

Acredite, desacredite, verdadeiro ou mentiroso.

O Amor não não é complexo;

Mas trás sua cota de incertezas.

O Amor  não é sexualidade;

Heterossexuais, homossexuais, bissexuais;

Todos são humandos;

Humanos tem sentimentos.

O Amor não é julgamaneto;

Más há as pessoas que julgam;

E se esquecem que podem ser julgadas.

O Amor não é errado;

Então porquê para uns não seja certo?

O Amor não é preconceituoso;

Pois é um sentimento livre.

O Amor é amar o próximo;

Assim como você se ama.

O Amor é individual;

mas é contraditório,

pois envolve mais de um indivíduo.

O Amor não é brincadeira;

Para outros é uma  forma de diversão.

O Amor é sentimento;

Te traz felicidade.

O Amor é intenso;

Pode acabar o mundo enquanto estou amando.

O Amor é único;

É como se fosse um DNA;

Que representa a conexão de duas pessoas ou mais.

O Amor é puro;

Assim como um sentimento de uma criança.

O Amor é leve;

Pois pode te levar as alturas.

O Amor é ser verdadeiro;

Seguir o que seu coração manda.

O Amor é luz;

Mas pode te cegar.

O Amor é felicidade;

Assim como é paz e sublime.

O Amor é você;

Eu e todo mundo;

Ame e seja amado.

Primeiro poema escrito por mim, uma forma divertida de falar sobre “O Amor”, mas com certeza é um sentimento que não se expressa em textos ou músicas, a experiência de amar é pessoal, está dentro do íntimo do eu interior, junto com a razão, emoção e intuição.

O mais incrível é como existem indivíduos que ainda taxam pessoas com esse sentimento puro, livre e verdadeiro so por ser diferente de suas crenças, religiões, cor e sexualidade. Muitos adoram julgar e criticar, pois isso é a coisa mais fácil e gratuíta de se fazer, poucos são os que valorizam cada dificuldade que muitos enfrentam por serem verdadeiros e seguir o coração e amar o próximo, esquecem que mesmo julgando estes também são muito julgados, há os que colocam a Bíblia como resposta, mas muitos não fazem o que nela está escrito, utilizam como um escudo para a própria ignorância com medo de se libertarem e ver que os tempos mudaram e continurá mudando, ou melhor, entender a verdadeira mensagem bíblica ou afins. Uns se esquecem que dependendo da forma como julgam interfere tanto no outro indivíduo que causa a sensasão da solidão, de achar que ser “incomum” é errado so por amar diferente, ou pelo estado social, econômico e súde. Todos nós somos humanos, fadado ao erro e o acerto, a diversidade de cada um para achar certo e errado aquilo que bem quiserem, mas sem esquecer que cada um é diferente do outro, portanto, assim evitar se intrometer na vida do próximo sem que este tenha lhe pedido alguma opinião. Respeito é a solução para o bom convívio social. Não seja hipócrita de achar que sua vida é a mais perfeita e linda de todas, pois você também tem as imperfeições. E o que você faz com os outros, os outros também fazem de você. Cuidado com o que deseja, e aprenda a amar.

Paz a todos.

Anúncios

2 responses to “O Amor

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: