2011 uma avaliação social


2011 é o ano que acaba de ser iniciado, com isso um ano onde haverá grandes acontecimentos.

Ressalto que tudo que venha ser escrito aqui, são apenas meus pontos de vista de um modo como penso sobre diversos assuntos, com isso inicio o ano em meu blog com este post.

Época de amadurecermos como pessoa, mudar certas atitudes, algumas alterações de comportamento pessoal, pois temos que ser totalmente íntegro na sociedade em que vivemos, com isso eu digo que a palavra mais ambígua é a “liberdade”, dizer que somos pessoas livres para expressar, fazer, dizer, etc. Mas é contraditório pois tudo que fazemos estamos sob constante avaliação, julgamento e padrões a serem seguidos.

A liberdade de se expressar é totalmente controlada por diversos motivos, há códigos de ética em tudo, como se comportar perante família, sociedade, emprego, escola e diversos outros lugares e situações. As rotulações, palavra que é utilizada para definir tudo, tudo há rótulo, não aquele que conhecemos em embalagens de produtos, mas rotulação para criar padrões sociais para organizar a sociedade e deixa-la “única” e funcional, dando padrões e criando grupos diversos, a consequência disto é a criação de pré-conceitos sobre diversos aspéctos sociais e surgindo dos mais variados conflitos.

O universo virtual, um local mais “livre” que o mundo real, há suas regras e padrões, pessoas que são avaliadas através de perfis em redes sociais, como Facebook, Twitter, Linkedin entre outras milhares opções virtuais, os usuários tem o poder de se mostrar ao mundo, mostrar o círculo de contato pessoal, expressar opiniões e ter a voz ativa e se expressar de forma única e peculiar, que mesmo assim, o usuário tem que se policiar e saber utilizar com cuidado cada uma de suas redes sociais com as funcionalidades específicas de cada uma, pois, como pessoas visitam as páginas para conhecer o indivíduo, principalmente quando se procura emprego, muitas pessoas acabam procurando os perfis para conhecer os candidatos e ver como ele age socialmente, pois mundo virtual é o reflexo do mundo real, ou seja, o usuário expressa se espelhando na vida real, no relacionamento social e afins, com isso se a pessoa diz certa coisa, ou participa de certos grupos ela já esta sendo avaliada neste momento, e caso haja algo que diverge de opinião do visitante ja é motivo de ser excluído e/ou vetado, o julgamento precipitado daquilo que está sendo mostrado sem ao menos conhecer a pessoa pessoalmente.

Ou seja, é uma falsa sensação de liberdade em tudo, pois somos presos à seguir padrões, nós somos obrigados a nos rotularmos para se enquadrar em algum grupo social, agir de acordo com a ética e leis sociais, o livre arbítrio existe assim com a liberdade também, mas cada qual com suas reações e consequências, que claro que se agir de formas extremas as consequências são muito mais severas, e o poder da mínima liberdade que tem sob sua vida acaba sendo vetada totalmente.

Finalizando digo que nós somos obrigados a criarmos regras a nós mesmos, padronizar a nossa vida, acreditar em nossas verdades e saber julgar o que vem a ser certo ou errado dentro daquilo que se constroi em sua personalidade e crença, nos adaptarmos à sociedade em que vivemos e utilizar com cuidado a pouca liberdade que temos perante as regras sociais, ética e leis, de acordo com o que se esta passando em sua vida atualmente..

Paz a todos.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: